16 novembro 2016

Black Mirror

Black Mirror - Charlie Brooker - 2011 (Netflix)

"Se a tecnologia é uma droga - e parece ser mesmo - então quais são precisamente os efeitos colaterais?" Com essa pergunta o produtor e criador Charlie Brooker justifica sua criação, o suspense tecnológico Black Mirror, novo vício mundial.

A série não tem uma continuidade, o tema é o mesmo, mas os atores, cenários e roteiros seguem uma independência. A inteligência permeia todos os filmes através da mão de Brooker em todas as histórias. Sim, podemos chamá-los de filmes visto que possui o tempo de duração de um.

Alguns já ganharam status de cult, como o sensacional e doce San Junipero, uma viagem ao tempo dos anos 80 e 90, e o Nosedive, uma crítica a nova sociedade dos likes e que ilustra esse post.

Black Mirror é um projeto britânico desenvolvido para a Endemol, a empresa por trás do Big Brother, foi criada em 2011 e produzido 6 capítulos e 1 especial de Natal. Em março desse ano, a Netflix pagou 40 milhões de dólares pelos direitos da série e lançou a terceira temporada no streaming.

Black Mirror é a tela preta do monitor e smartphones que reflete a imagem como se fosse um espelho.

Nenhum comentário: