04 abril 2011

Um Sonho de Amor

Io Sonno l’amore – Luca Guadagnino – 2009 (Cinemas)

Na ária La Mamma Morta da ópera Andrea Chénier de 1896, composta por Umberto Giordano, o ápice dela mostra a protagonista, Maddalena di Coigny cantando: Eu sou o amor (Io Sonno l’amore) e um anjo se aproximou com um beijo, o beijo da morte.

Amparado na belíssima fotografia do francês Yorick Le Saux, Luca Guadagnino mostra-se um excelente cineasta para criar um clima de suspense para um evento que virá acontecer, nos deixando na expectativa, mas com aquela sensação de esperar pelo pior. Ele já havia feito isso no bom 100 Escovadas antes de Dormir (2005).

A atriz inglesa Tilda Swinton aprendeu italiano e russo para compor sua personagem, uma mulher russa casada com um italiano industrial milionário na virada do século em Milão.

2 comentários:

Debbie disse...

Belo trabalho, belo blog!

Já estou curiosa e com muita vontade de ver esse filme!!

Valeu!

cinefilapornatureza disse...

A Tilda é super versátil! Esse filme tá sendo bem elogiado. Quero muito conferir!!