10 fevereiro 2010

Títulos que não Intimidam

Existem filmes, poucos na verdade, que atraem pelo título. Geralmente ficam em nossa cabeça, atrai de uma forma inesperada. Alguns cineastas têm o dom para criar nomes de películas, Pedro Almodóvar, Os Irmãos Coen, Alfred Hitchcock. Outros até criam nomes espetaculares para suas produções, mas ai vem à distribuidora e adota outro, assassinando a obra do autor, caso de De Olhos Bem Fechados de Stanley Kubrick, que deveria ser chamado Olhos Escancaradamente Fechados.

Um título é quase uma obra. No inicio de sua carreira, o cineasta Paul Thomas Anderson brigou até o último momento com a produtora para nomear seu primeiro filme de Sydney, os executivos não queriam, pois alegavam que confundiriam com o Estado, claro que PTA perdeu a batalha e o filme foi batizado de Hard Eight, aqui se chamou Jogada de Risco, que já possui 353 filmes com esse nome.

Enfim, não estamos aqui para falar do lado negativo, viemos para mostrar os 10 melhores títulos originais de filmes, isso leva em conta o nome criado em sua língua original e traduzido literalmente para o nosso português. E aqui vai a lista:

1. Meu Irmão é Filho Único (2007) – ITA – Daniele Luchetti

2. Esse Obscuro Objeto do Desejo (1977) – FRA – Luis Buñuel

3. Perdoa-me por te Traíres (1980) – BRA – Braz Chediac

4. O Discreto Charme da Burguesia (1972) – FRA – Luis Buñuel

5. O Homem que não Estava Lá (2001) – EUA – Irmãos Coen

6. E La Nave Va (1983) – ITA – Federico Fellini

7. Laranja Mecânica (1971) – EUA – Stanley Kubrick

8. Mulheres a Beira de um Ataque de Nervos (1988) – ESP – Pedro Almodóvar

9. Singularidades de uma Rapariga Loura (2009) – POR – Manoel de Oliveira

10. O Homem que Sabia Demais (1934) – ING – Alfred Hitchcock

Ficaram de fora, mas receberam nomes originais de nossos tradutores, O Primeiro Ano do Resto de nossas Vidas (St. Elmos Fire) e Nunca te vi, Sempre te Amei (84 Charing Cross Road).
Menções dos comentários: Faça a Coisa Certa, A Insustentável Leveza do Ser (belissímo), A Última Tentação de Cristo.

* Crédito da foto que ilustra o post de Marty Hergert.

8 comentários:

Otavio disse...

PAGUE PARA ENTRAR, REZE PARA SAIR
De Tobe Hopper

Otavio disse...

Mas seguindo o título original... hmm... FAÇA A COISA CERTA?

Fábio Rockenbach disse...

E que tal o inverso? Algo como batizar "Parenthood" de "O Tiro que não saiu pela culatra" por exemplo? Daria um post com tanto assunto quanto este hehe

cinefilapornatureza disse...

A gente sempre reclama das traduções que alguns títulos recebem, mas esse teu top 10 aí dos títulos originais foi uma bela lembrança! :-)

cinefilapornatureza disse...

Ah, e por exemplo, eu amo um título original que nem tá na tua lista: "A Insustentável Leveza do Ser" e tem aquele "Children of a Lesser God", que tem um título original LINDO! A tradução, não! rsrsrsrrss

Rogerio disse...

que tal "A ULTIMA TENTAÇAO DE CRISTO" ?

Museu do Cinema disse...

Fábio, seria interessante mesmo! O Otávio deu uma dica ai tb. E tem esses dois filmes que citei.

Pedro Henrique disse...

VIAJO PORQUE PRECISO, VOLTO PORQUE TE AMO. Títulozaço!