23 abril 2007

Quarto do Pânico

Panic Room – David Fincher – 2002 (DVD)

ENFRENTE SEUS MEDOS

Roteirizado pelo excelente David Koepp, preferido de Brian De Palma, responsável por O Pagamento Final (1993), Olhos de Serpente (1998), e diretor do excelente Efeito Dominó (1996), que teve a idéia do filme ao ler um artigo do The New York Times, que falava sobre quartos seguros. Quarto do Pânico consegue mostrar, mesmo sendo o filme mais comercial de Fincher, todo o talento do cineasta e sua fama de perfeccionista – só a cena inicial, dos créditos, levou 1 ano para ser feita e o trabalho de 3 diferentes empresas de computação gráfica atuando em conjunto.

O quarto em questão oferece toda a estrutura contra arrombamentos. Um lugar seguro dentro de uma mansão no meio de NY.

Uma cena em especial, que tentei revivê-la nesse post, demonstra toda a habilidade e criatividade de David Fincher, um jogo de câmera serve para mostrar que a personagem de Jodie Foster não está sozinha no quarto, primeiro, em panorâmica, vê-se a atriz deitada, o vulto atrás aparece e a câmera gira em 90º para mostrar-nos a outra pessoa do quarto, um recurso que na mão de um diretor sem talento seria impossível ou cairia no comum.

Meg Altman (Jodie Foster) se recupera da sua recente separação. Juntamente com a filha, Sarah (Kristen Stewart), que sofre de diabetes, estão à procura de uma casa em Nova Iorque, encontrando a ideal numa antiga mansão que tem um quarto equipado contra arrombamentos.

Nicole Kidman foi escalada para interpretar o papel principal, mas uma fratura no joelho, durante as filmagens de Moulin Rouge (2001) impossibilitou a atriz, sendo substituída por Jodie Foster, mas Nicole acabou fazendo uma participação especial, é a sua voz que interpreta a namorada de Stephen Altman (Patrick Bauchau), ex-marido da personagem de Foster.

O filme é a parábola de Por uns Dólares a Mais (1965). Burnham (Forest Withaker) foi o responsável pela instalação do cofre no quarto do pânico do antigo proprietário, pensando que a mansão ainda não havia sido vendida, ele busca no cofre uma fortuna guardada. Como comparsa ele carrega o nervoso e atrapalhado Junior (Jared Leto), que, por sua vez, leva o perigoso e calado Raoul (Dwight Yoakam).

14 comentários:

Otavio Almeida disse...

Hmm... essa parábola que vc citou foi confirmada pelo diretor ou por alguém do elenco em entrevistas? Ou é uma idéia sua?? Digo isso pq é uma visão bem interessante... não tinha visto o filme dessa forma.

Talvez mereça uma revisão, pq O QUARTO DO PÂNICO me decepcionou muito...

Abs!

Museu do Cinema disse...

Não Otávio, é uma ideia minha, achei muito similar, pq a personagem do Withaker fez o quarto e portanto sabe dos segredos, e junta-se ao Leto que sabe quanto tem em dinheiro lá dentro, quanto que no filme do Leone acontece a mesma coisa, acho que foi coincidência.

Kamila disse...

Cassiano, acho que esse foi o filme mais popular que o Fincher fez. Me lembro que a bilheteria de estréia de "O Quarto do Pânico" foi muito boa.

Acho que, mesmo com um roteiro "mainstram", o filme não decepciona os fãs antigos de Fincher. E a dupla Jodie Foster-Kirsten Stewart me agrada muito. As duas sustentam esse filme.

romeika disse...

Vixe, eu nao gostei muito do filme, nao..Acho que a Nicole nao perdeu muita coisa. Nao eh um filme ruim, mas acho que ficou devendo aos filmes anteriores do Fincher.

Kamila, fiz um comentario ao seu no post de "Clube da Luta" rsrsrs..

Museu do Cinema disse...

É sim Kamila, eu gosto do filme, ele é mais "entretenimento" do que os outros, obviamente, é um bom filme!

Kamila disse...

Cassiano, "O Quarto do Pânico" é mais entretenimento, sim, mas, como você disse, não deixa de ser um bom filme.

Alex Gonçalves disse...

Adoro "O Quarto do Pânico". Lembro-me de tê-lo visto três vezes apenas num final de semana. A habilidade de Fincher em conduzir a sua câmera durante todo o filme é impressionante. Ainda destaco uma parte simplesmente antológica, aquela onde é rodada em câmera lenta. Raramente fiquei com o coração na mão com sequências como esta.

Museu do Cinema disse...

Que cena é essa Alex?

Túlio Moreira disse...

Cassiano, com certeza um filme repleto de grandes nomes só poderia ser fodástico! O QUARTO DO PÂNICO é, sem dúvida, o melhor filme da brilhante, mas preguiçosa Jodie Foster desde CONTATO.

abração!

Alex Gonçalves disse...

Cassiano, me refiro ao momento que Jodie Foster tem de sair do quarto para apanhar o celular que se encontra abaixo de uma cama.
Obs.: e Nicole Kidman está um arraso, interpretando uma moça que fala ao telefone, rsrsrsrsrs...

Vinícius P. disse...

Sem dúvida um bom filme do Fincher, mas é mesmo inferior a "Clube a Luta" e "Seven". A Foster está ótima, foi uma bela escolha para substituir a Nicole.

Museu do Cinema disse...

Sim Alex, agora sei que cena é. Muito boa!

A Nicole sempre arrasa, nem que seja dando um alô com sono...

Carla Martins disse...

Adorei esse filme, mas sou mil vezes mais "Clube a Luta" e "Seven", apesar de achar que são estilos completamente diferentes.

Beijo!

Museu do Cinema disse...

São estilos diferentes Carla, com certeza.