Má Educação

Bad Education - Cory Finley - 2019 (HBO)

O maior escândalo de corrupção nas escolas norte-americanas, descoberto pelo jornalzinho da própria instituição, revela algumas nuances que nós, brasileiros, conhecemos bem nesses últimos 30 anos.

O próprio Frank Tassone, responsável pelo esquema e que "nada sabia" quando descobriram, mostra como nasce à corrupção: "certa vez, fui almoçar num fim de semana e usei, sem querer, o cartão da escola, pensei que segunda resolveria isso, mas percebi que ninguém notou, então, deixei passar".

O eterno prefeito de Nova Iorque, um dos principais responsáveis por retirar o poder da máfia italo-norte-americana segundo o livro pizzo - História e Administração da Máfia, o republicano Rodolpho Giulianni, resolveu a violência, durante sua administração na cidade - NY tinha os mais altos números de assassinatos nos EUA, com uma medida simples, mas genial, ele instaurou o programa tolerância zero, qualquer pessoa, seja um guardador que arranha um carro ou um trombadinha que furta carteiras, seria exemplarmente preso e punido pela lei. Para ele, são esses pequenos delitos que encorajam os maiores. Bastou para, até hoje, a Big Apple ser uma das cidades mais seguras do mundo.

Cory Finley, o jovem diretor do filme, acerta ao manter um ritmo acelerado que deixa o espectador curioso e conectado, sem distrações. O também jovem roteirista Mike Makowski, que foi aluno do colégio Roslyn durante os acontecimentos, recriou o clima do ambiente escolar com perfeição. Destaco Hugh Jackman e Allison Janney, dois craques jogando livres e demonstrando todo talento que possuem. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cena de Cinema

Boardwalk Empire

15h17 para Paris