27 novembro 2017

As Faces de Toni Erdmann

Toni Erdmann - Maren Ade - 2016 (iTunes)

Na 1ª cena do filme, um entregador de uma empresa de correio alemão leva uma caixa para Winfried (Peter Simonischek) e trava-se o seguinte diálogo:

- O que será que meu irmão comprou dessa vez? Toni! Você fez algum pedido? (gritando para dentro de casa). Ele acabou de sair da prisão, faz coisas estranhas. Foi preso por mandar um pacote-bomba. Ontem ele comeu uma lata de ração de cachorro. Espere um momento.

Ele entra na casa deixando a porta aberta e começa a falar com o "irmão", alto o bastante para o carteiro ouvir:

- Toni, venha aqui. Tire a bunda dessa rede. Vou te pôr para fora se continuar assim. Pediu outro catálogo de biquíni?
- Eu não, não seja tão maldoso.
- Ande, o carteiro está esperando.
- Onde?
- Na porta, claro!

E ai volta o "irmão", de óculos escuros, um roupão aberto, algemas e comendo uma banana:

- Meu irmão mente, não pedi nada de erótico.
- O conteúdo não me diz respeito. Responde o entregador.
- Ainda bem. Me dê aqui, estou louco para desmontar essa bomba.

Enquanto ele assina, chega um garoto, Lukkas, a quem ele apresenta como colega caçador de minas, para piorar o medidor de pressão apita assustando o carteiro desnorteado. Ai Winfried revela a sua brincadeira tirando o óculos e dizendo que não existe o "irmão".

Em tempos de politicamente correto, o professor de piano que adora se fantasiar e inventar histórias não é muito didático, mas o filme da cineasta alemã Maren Ade é de uma sensibilidade sem cair na pieguice que nos deixa atônitos.

O filme ainda guarda uma cena que demonstra toda habilidade artística de  Sandra Hüller - que interpreta a filha de Winfried, perseguida por ele durante toda a película - cantando Whitney Houston.

O figurino do animal, que também ilustra esse post, chama-se Kukeri, é uma fantasia comum na Bulgária onde acredita-se afasta espíritos ruins. 

2 comentários:

Kamila Azevedo disse...

Ainda não assisti, mas acho que esse é o filme que Hollywood está preparando um remake, né???

Museu do Cinema disse...

Isso mesmo Kamila, com Jack Nicholson e Kristen Wigg.