04 janeiro 2015

O Capital Humano

Il Capitale Umano – Paolo Virzì – 2014

Final de festa, alguns garçons retiram as toalhas de mesa, enquanto a faxineira varre as serpentinas do chão, outros arrumam os pratos empilhando-os, parecem cansados. Fora do salão um caminhão recebe todas as caixas. Um dos garçons se despede e pega sua bicicleta com acessórios de segurança em ordem e começa a pedalar pela noite de uma pequena cidade italiana. Numa rua mais estreita ele sente a aproximação de um veiculo e se inclina mais, enquanto outro carro, a sua frente, também se aproxima. No cruzamento, o automóvel que vinha atrás acaba lhe empurrando para fora da estrada.

Através das lentes de 3 personagens, e sob suas perspectivas também, o cineasta italiano Paolo Virzì criva seu filme em capítulos, entoando uma mesma história, mas com substâncias e essências singulares de cada cultura vivida por essas 3 pessoas, o corretor de imóveis Dino (Fabrizio Bentivoglio), a socialite Carla (Valeria Bruni Tedeschi) e a estudante Serena (Matilde Gioli).

Adaptado do livro do norte-americano Stephen Amidon, Capital Humano poderia se passar nos Estados Unidos, na Itália, no Brasil, ou em qualquer outro lugar, aliás tivemos manchetes jornalísticas semelhantes há pouco tempo (você a identificará). 

Um comentário:

Kamila disse...

Legal, Cassiano! Parece ser um filme bem interessante. Sempre que vejo algo sobre cinema italiano lembro de você.