16 janeiro 2014

Ninfomaníaca Vol. 1


Nymphomaniac Vol. 1 – Lars Von Trier – 2013 (Cinemas)

FUNDO PRETO. SOM EM ALTO VOLUME. Ouvimos o que parece ser o som de água caindo, gotejando, e um outro som de metal batendo. Passado alguns segundos, ou seriam minutos, a imagem aparece. NOITE. NEVANDO. ESPAÇO ENTRE PRÉDIOS DE TIJOLOS, a água escorre pela parede até o chão, e um duto de ar quebrado às vezes roda produzindo sons metálicos.

A primeira dica de Lars Von Trier a seus espectadores é: Deixem seus sentidos aguçados, precisaremos deles.

Falar de sexo sempre será tabu, seja onde for, o cineasta sabe disso como ninguém e não nega sua intenção com cenas de sexo explícito bem reais (usaram próteses e muitos cortes), mas ninfomaníaca usa o sexo, como Dan Brown usa o catolicismo para filosofar. Izaak Walton e a arte da pescaria, sequência Fibonacci, Bach e a polifonia, claro a igreja. Onde estaria o sexo?

Uma das cenas mais comentadas e sem duvida a mais engraçada do filme reflete bem onde o diretor aponta seus holofotes. Nela, a Mrs H do título do capitulo 3, interpretada por Uma Thurman, leva os 3 filhos pequenos para conhecer a casa da amante do pai – a ninfomaníaca jovem – fazendo um teatro para as crianças, o pai, a amante e ainda um namorado dela. De onde viria à culpa pelo sexo?

Mas isso só no volume 2.

Abaixo os capítulos desse primeiro volume.

CAPITULO 1. The Compleat Angler. Pescaria, sexo e uma parábola. Izaak Walton, escritor inglês escreveu em 1653, em prosa e verso, celebrando a arte e o espírito de uma pescaria.

CAPITULO 2. Jerôme. Amor é apenas luxúria com ciúmes. A Sequencia Fibonacci é explorada pelo diretor. 1, 1, 2, 3, 5, 8, na forma das estocadas de um movimento sexual.

CAPITULO 3. Mrs. H. Pra se fazer um omelete é preciso quebrar alguns ovos.

CAPITULO 4. Delirium. O ingrediente secreto do sexo é o amor.

CAPITULO 5. The Little Organ School. Prelúdio de Bach. 3 vozes, cada uma com personalidade própria, mas que se completam em harmonia. Polifonia.

Um comentário:

Kamila disse...

"Ninfomaníaca - Parte 1" só chega aqui em Fevereiro, mas, desde já, estou curiosa para ver o que o Lars Von Trier aprontou dessa vez.