05 novembro 2010

Parábola do Mês

Tem uma maravilhosa e velha piada italiana sobre um homem pobre que vai a igreja todo dia e reza perante a imagem de um Santo, implorando: Querido Santo, por favor, por favor, por favor, me deixe ganhar na loteria. Finalmente a exasperada estátua vem a vida e olha pro pedinte e diz: Meu filho, por favor, por favor, por favor, compre um bilhete.

Extraída do filme Comer rezar amar (2010) de Ryan Murphy, narrado por Julia Roberts. Nos cinemas.

6 comentários:

cinefilapornatureza disse...

SENSACIONAL, Cassiano!

Gostou do filme?

marlene disse...

Desculpe pelo comentário off-topic, mas a causa é boa:
Acontece amanhã, 8 de novembro, em toda a Rede Cinermark (428 salas dos 52 complexos) o XI Projeta Brasil Cinemark que exibirá as principais produções brasileiras lançadas entre novembro de 2009 e outubro de 2010. Os espectadores poderão assistir a filmes nacionais por apenas R$ 2. Entre os longas-metragens do XI Projeta Brasil estão títulos como ‘Tropa de elite 2’, ‘Nosso Lar’, ‘Chico Xavier’, ‘Sonhos Roubados’, ‘Xuxa em O Mistério de Feiurinha’ e ‘É proibido Fumar’. Ao todo, mais de 30 filmes estarão disponíveis para o espectador. A programação completa e demais informações você encontra no site do Projeta Brasil: http://www.cinemark.com.br/acao/projetabrasil.html. O vídeo está disponível para link ou download no YouTube: http://migre.me/23oOA

Narrativa do Olhar disse...

Bacana a parábola do mês. Deu até vontade de assistir ao filme em questão.

Anna Oliveira disse...

Haha, muito bom! :P

katlenferreira disse...

Esse comentário não é do filme comer, rezar e amar e sim do A procura da felicidade, o filho do Will Smith quem faz essa piada.

Dani Remião disse...

Querida katlenferreira, este piada é SIM contada no filme Comer, Rezar e Amar. Leia o livro ou assista o filme e confira. É uma piada... pode ser dita e repetida várias vezes... mas vou rever A Procura da Felicidade, já vi e revi várias vezes, adoro esse filme, e não lembro dessa piada no filme... mas é possível deixarmos passar algumas coisas, ou esquecermos com o tempo.
Abraço
Dani