25 agosto 2009

Gatinhas & Gatões

Sixteen Candles – John Hugues – 1984 (DVD)

Posso pegar sua calcinha emprestada por dez minutinhos?

Samantha estar para completar 16 primaveras. Assoprar 16 velinhas. Fazer 16 anos. Mas escolheu uma péssima hora pra isso. Sua família está nos preparativos para o casamento de sua irmã mais velha, o palhaço da sua escola resolveu andar atrás dela se dizendo apaixonado, e o menino que ela gosta, nem sabe de sua existência. Samantha, feliz aniversário e seja bem vinda a adolescência.

O filme de estréia de John Hugues não poderia ser melhor. Ambientado no período da vida em que Hugues é mestre, Sixteen Candles é um retrato despretensioso da adolescência norte-americana da década de 80.

Sua eterna atriz-musa Molly Ringwald, interpreta a doce Samantha. Enquanto seu eterno ator-amigo Anthony Michael Hall, interpreta o Geek (Nerd) que fica no pé de Samantha. A trilha sonora fica a cargo do eterno parceiro Ira Newborn.

A frase que ilustra esse post foi lembrada em 86º das 100º melhores frases do cinema, numa pesquisa da revista Premiere norte-americana.

Gatinhas & Gatões é um exemplo de comédia que diverte sem precisar de escatologias, e que ensina sem precisar de sermões. É um filme temático, mas nem por isso segmentário, consegue ser atemporal e inovador.

Reparem nas participações dos irmãos atores, John e Joan Cusack. Ele na segunda participação como ator e ela no terceiro filme e segunda num mesmo filme que o irmão.

6 comentários:

Ygor Moretti Fiorante disse...

mais um classico da geração 80/90 essa semana revi um outro clássico dessa epoca, Secret Admirer, lembra? q uma carta de amor circula na mao de varias pessoas e faz uma bagunça so, rsss abraço!!!

Vinícius P. disse...

Esse é outro do John Hughes* que ainda não vi!

Kamila disse...

Faço minhas as palavras do Vinícius!

Ramon disse...

Mas o que é isso, Cassiano? Maratona anos 80? Hehe!

Gatinhas & Gatões é um ícone. Preciso assistir inteiro, pois deveo ter visto só algumas partes.

Até mais!

Jacques disse...

Nostalgia pura. Mas o melhor de Hughes ainda para im é Breakfast Club. Valew

Museu do Cinema disse...

Vlw pessoal.