31 agosto 2009

Curtindo a Vida Adoidado

Ferris Bueller Day Off – John Hugues – 1986 (DVD)

A vida passa muito depressa. Se não pararmos de vez em quando para curti-la, escapa de nossas mãos. É isso que digo a vocês! Claro que não devemos jogar tudo pro alto e virar um hedonista, um hippie, ou um anarquista. Nada contra os “istas”, mas não podemos ser vacas em rebanho. A personalidade é a coisa mais importante que temos, e o que nos diferencia dos outros. Temos que acreditar em nós mesmos, como já diria o poeta John Lennon.

Como poderia agüentar a escola, ou o trabalho num dia como esse? Olhe lá pra fora. É a vida nos chamando, sussurrando suavemente nos nossos ouvidos, venham, venham curtir. Existem pessoas travadas, que por algumas circunstâncias da vida foram paralisadas de sua capacidade de gozar. Ora, e qual o objetivo maior da vida? Dor? Problema? Estudos? Pense nisso.

Sabe, às vezes é necessário mesmo chutar o balde. Você pode inventar milhões de desculpas, zilhões de doenças, enganar seus pais, seu chefe, mas tem que valer a pena. Na nossa vida passaram muitos professores, talvez mais de uma centena. Quantos realmente lembramos pelos conhecimentos que nos foram passados? Significa que são 12 mil horas retiradas de nossas vidas. Temos que fazer essas horas valerem a pena! Se a vida passa rápida, imagina a adolescência.

Quando adolescentes pensamos que a nossa família é a única estranha entre nossos conhecidos. Mas afinal, quem é certo? Não devemos nos levar tão a sério. Existem dois tipos de pessoas nessa vida, aqueles que fazem acontecer, e aqueles que perseguem os que fazem acontecer. Qual você quer ser?

Nunca se vai longe demais. Nenhum problema é tão grande quanto nossa capacidade de se divertir. Já disse isso no começo e torno a repetir, a vida passa muito depressa. Se não pararmos de vez em quando para curti-la, escapa de nossas mãos.

Deixo vocês com uma música para refletirem um pouco sobre a vida. Ouça aqui.

Ferris Bueller (Carta para um Adolescente).

14 comentários:

Otavio Almeida disse...

Grande clássico de John HUghes! Um dos melhores filmes de todos os tempos!

Abs!

cinevita disse...

Possui momentos dos mais prazerosos que o cinema já pôde oferecer.

Mônica Lobo disse...

Sempre me lembro disso quando quero fazer algo e todos vão contra. Se não tá fazendo mal e ninguém, que mal tem? "Free your mind, Neo!"

Ramon disse...

Demais!
Ferris Bueller rulez!

Esse filme já é um cult, mas vai virar algo ainda maior daqui há uns tempos. Se filósofos forem refletir sobre a obra, vão extrair muita coisa.

Abs!

Marcus Vinícius disse...

Sensacional, sem mais.

Já viu essa montagem em homenagem ao Hughes? Para tudo e assiste então.

http://www.youtube.com/watch?v=ZOkNIUw0c2s

moviefordummies disse...

Nossa! Puxou do baú esse... muito bem lembrado!!!
Acho que é um dos clássicos da minha adolescência.

godvsgodard disse...

Clássico, mas ainda acho superestimado.

Ygor Moretti Fiorante disse...

Clássico mesmo e sem exagero um dos melhores filmes de todos os tempos, tudo bem que tem o lado sentimental que conta e muito para inclui-lo em tal lista, mas enfim, tá feito filmaço!!!

cinefilapornatureza disse...

Que texto belo, Cassiano! "Curtindo a Vida Adoidado" é um verdadeiro clássico!!! ADORO!!!!

Diego Rodrigues disse...

Só não o acho o me lhor de Hughes, pois tenho uma queda por Clube dos Cinco!

Vinícius P. disse...

Sendo um dos poucos filmes que já vi do diretor, certamente é o maior entre todos. Um verdadeiro clássico para toda uma geração.

Nespoli disse...

Grande filme... gostei do texto também. O Hughes realmente merece essa homenagem...

Rogerio disse...

Pegue qualquer pessoa que tenha tido sua infancia nos anos 80. Absolutamente 100% delas um dia quis ser Ferris Buller.

É o filme perfeito, em seu genero.

Museu do Cinema disse...

Vlw pessoal!