03 junho 2009

Anjos e Demônios

Angels & Demons – Ron Howard – 2009 (Cinemas)

Abram as portas, e contem ao mundo a verdade.

Somos seres curiosos. Alguns estabelecimentos de ensino e “professores”, assim como muitas pessoas ou instituições más intencionadas, tentam podar essa característica inerente a todos nós. Essa curiosidade é que nos faz seguir, andar para frente e buscar respostas. E é esse o objetivo das obras de Dan Brown.

Após 3 anos da estréia mundial de O Código Da Vinci (2006), a sua tão esperada seqüência ganha as telonas, Anjos e Demônios é na verdade a primeira aventura da mais nova personagem inesquecível da história do cinema, Robert Langdon, só que os produtores acharam melhor transformá-la em continuação.
A película segue o mesmo caminho traçado anteriormente. Ação + Aula de história. Com uma diferença, foi reduzido o tempo de explicações do rico conteúdo do livro em favor de um ritmo apressado. Anjos e Demônios se torna uma espécie de 007 sob o manto do catolicismo.

Temos agora dois elementos de estudo, CERN e os Illuminati, tudo cercado pela igreja e o Vaticano que, absurdamente, não autorizou as filmagens do longa dentro de seus muros.

O filme acerta em retirar explicações demoradas sobre o instituto de ciência que reproduz o Bing-bang, e a seita expulsa do catolicismo. O livro existe para isso. Porém deixa o espectador com gostinho de quero mais para explorar os conhecimentos de Tom Hanks, quero dizer Robert Langdon. Agora só em setembro com o lançamento de The Lost Symbol, o próximo livro de Dan Brown a virar filme.

6 comentários:

Marcus Vinícius disse...

Fala tricolor! Eu gostei do Anjos, mais do que o Da Vinci, ficou melhor mesmo sem aquela caralhada de informações que só deixava o filme lento.

E queremos A COPA!

Abrsss!

Ygor Moretti Fiorante disse...

naum curti muito não sobre tudo o final. Na verdade não li o livro que parece ser bem melhor, mas sei la ficou meio manjado , mesma formula, pista aquie ali corre daqui e de lá, nada de novo.

Abraço te mais!!!

Otavio Almeida disse...

E aí, Cassiano! Seja bem-vindo de volta!

Cara, gostei mais de ANJOS E DEMÔNIOS, o filme, mas também gosto de O CÓDIGO DA VINCI. Acho Ron Howard um bom diretor e não merece essa crítica toda de grande parte da... crítica.

Abs!

Museu do Cinema disse...

Vlw Otávio!

Ramon disse...

Preciso conferi-lo. No geral as críticas têm sido boas.

Abs!

Rogerio disse...

Welcome back!!

Gostei muito de Anjos e Demonios.Talvez seja por nao ter lido o livro, entao pra mim foi surpreendente e com roteiro conciso, embora passivel de alguns absurdos.
Abs..