09 junho 2008

Superbad

Superbad – Greg Mottola – 2007 (DVD)

Seth (o gordinho Jonah Hill) e Evan (o magrinho Michael Cera) são amigos por afinidades. Apesar do desequilíbrio físico, Seth e Evan são adolescentes com muitas semelhanças; eles ainda correm atrás da primeira namorada, esperam participar de uma festança regada à bebida e mulheres, e querem ser popular antes de entrarem na faculdade. Enquanto Seth é falastrão e fanfarrão, Evan é tímido. A oportunidade de ouro surge com o convite de Jules (Emma Stone) para irem a festa de despedida da turma em sua casa e levarem as bebidas. Como menores, Seth e Evan se encontram no maior desafio de suas vidas. É quando aparece McLovin para resolver esse problema.

Recheado de palavrões e todos os tipos de obscenidades, Superbad nos traz de volta as comédias juvenis dos anos 80, sem sexo mais com muitos palavrões.
O grande responsável, ou irresponsável também por esse estilo de comédia é o norte-americano Judd Apatow, que dirigiu Ligeiramente Grávidos (2007) e aqui é o produtor. Apelando para as baixarias e escatologias, regada a palavras de baixo calão, os filmes fazem rir com esse apelo, pode agradar a alguns e desagradar a outros, mas existe qualidade nisso.

11 comentários:

Otavio Almeida disse...

Adoro SUPERBAD! Eu não sabia que eu ia rir tanto no cinema. Eu parecia uma hiena!

Abs!

Pedro Henrique disse...

Cassiano, ainda não vi o filme.

Nosso time vai enganando bem, não?

Grande abraço!

Museu do Cinema disse...

Otávio, é de rir mesmo!
Mas uma hiena!?!


Pedro, tá enganando sim, o problema é ganhar fora.

Ibertson Medeiros disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ibertson Medeiros disse...

Achei bem engraçado esse filme.
Aquela cena do gordinho desenhando?
Que coisa mais sem-noção hahahaha
Só rindo mesmo.
Filme bem legal!

Kamila disse...

Cassiano, é isso aí! "Superbad" recria aquele clima das comédias juvenis dos anos 80 com perfeição. Adoro o longa e o Judd Apatow é o cara!

Marcel Gois disse...

ainda não assisti mas adorei "Ligeiramente Grávidos". Vou conferir o mais breve possivel, já tinham me falado que vale a pena =D

Ramon disse...

Não conferi esse ainda. Mas sinceramente não tenho muita vontade de ir atrás. Quem sabe quando passar na Tela Quente. Ou até mesmo no Tele Cine. hehe!

Abraço!

Museu do Cinema disse...

Ibertson, desenhos alias feito pelo irmão do diretor.

Kamila, ele tem talento para a coisa, isso é inegavel.

Marcel, vale a conferida.

Ramon, se for ver, procure um que traduza legal, coisa que será impossivel na Globo, já que são palavrões demais.

Rogerio disse...

Eu achei o filme bom até sua metade. Depois, com a entrada dos policiais totalmente forçados, achei que o filme se perde, e as piadas perdem a graça.

Museu do Cinema disse...

Tem um decrescimo sim Rogério, mas nada que atrapalhe a partir do momento em que eles saem de cena.