15 maio 2008

Quebrando a Banca

21 – Robert Luketic – 2008 (Cinemas)

Ganhando, ganhando, galinha assada no jantar! Isto ficou na minha cabeça durante toda a noite, é uma parte das lendas de Las Vegas, perguntem aos supervisores de mesas mais velhos, que eles sabem. Foi um crupiê chinês do Binion’s que criou essa frase. Ele a gritava toda vez que saía um jogo de 21, isto foi há mais de 40 anos, mas até hoje ainda é pronunciada. Ganhando, ganhando, galinha assada no jantar!

Baseado no livro Bringing Down the House: The Inside Story of Six M.I.T. Students Who Took Vegas for Millions, que conta a história real do estudante do famoso colégio de Massachussets, Jeffrey Ma (foto abaixo ao lado do protagonista), o filme foi um tremendo e inesperado sucesso de público nos Estados Unidos.

Ben (Jim Sturgess) é um aluno nota 10 que só pensa na bolsa de estudos de 300 mil dólares para cursar medicina em Harvard. Seu talento logo é percebido pelo professor Micky Rosa (Kevin Spacey – que parece ter desaprendido o ofício), que possui um grupo de alunos a quem ensina como contar cartas para o jogo de 21. Rosa rapidamente convida Ben para juntar-se ao grupo e ganhar seus 300 mil dólares.

Quebrando a Banca se perde justamente nos pontos em que se afasta do verídico para dar aquele aspecto hollywoodiano já envelhecido e que ninguém agüenta mais, por isso os melhores momentos da película ficam por conta do barato de jovens “nerds” explorar Vegas como poucos mortais tiveram e terão esse prazer.

7 comentários:

Pedro Henrique disse...

Ainda quero ver esse no cinema, apesar de saber que não é um bom filme.

Abraço!

Otavio Almeida disse...

Confesso que não tive vontade de ver esse filme. Deixei para o DVD mesmo. Apesar da presença ilustre de Kevin Spacey.

Abs!

Kamila disse...

Esse filme parecia ser tão legal, mas foi criticado de forma tão negativa por tanta gente...

Bom final de semana!

Museu do Cinema disse...

Pedro, é um bom filme sim;

Otávio, existem outros meios;

Kamila, no frigir dos ovos, acho que vale a pena.

Vinícius P. disse...

Não tive muita curiosidade de ver, acho que irei esperar pelo DVD. O Jim Sturgess foi a melhor coisa de "Across the Universe", espero que esteja bem nesse "Quebrando a Banca" também. Abraço!

Mateus disse...

Ao meu ver, resumindo, é um daqueles filmes que se você ver ou não, não faz a melhor diferença!

Ramon disse...

Interessante! Não estava colocando muita fé. Agora vou conferi-lo.