15 maio 2008

Parábola do Mês

Nenhum homem, por um período considerável de tempo, pode usar uma cara para si mesmo e outra para o público sem se confundir em qual deve ser a verdadeira.
Nathaniel Hawthorne.

* Extraída do filme As Duas Faces de um Crime (1996) de Gregory Hoblit. Disponível em DVD.

8 comentários:

Rogerio disse...

"...Pe-peça de-dedesculpas a ela pe-pela agressssão..."

Pedro Henrique disse...

Ótima escolha, Cassiano. Adoro esse filme e vejo sempre que posso.

Abraço!

Marcus Vinícius disse...

Edward Norton bom demais, como usualmente.

E aí amigo, o time vai ou não vai? Pelo menos já fizemos 1/4 da campanha fora de casa de 2007, hehe.

Abraços!!

Kamila disse...

Uma frase totalmente verdadeira de um filme que eu AMO!

Vinícius P. disse...

Gosto muito desse filme, mas como vi há muito tempo já não me recordo dessa frase. De qualquer forma é ótima...

Ibertson Medeiros disse...

Nunca vi esse filme.
Tenho que vê-lo urgente.

Museu do Cinema disse...

Rogério, va va leu!

Pedro, acho que a frase tem tudo com o nosso momento atual.

Marcus, só nos resta torcer!

Kamila, pois é! Não é mera coincidência!

Vinicius, o barato é esse!

Ibertson, vale a pena!

Ramon disse...

Ah, que bela lembrançca! Eta filme bom!