09 abril 2008

Parábola do Mês

Havia dois grandes exércitos reunidos, os israelitas e os filisteus, e ambos estavam nos morros, com o Vale de Ela no meio. É um lugar na Palestina...Os filisteus tinham um campeão. Um grande gigante chamado Golias. Então, todo dia, durante quarenta dias, Golias descia o vale e desafiava alguém do outro lado para lutar, mas ninguém aceitava. Os guerreiros mais valentes do rei estavam com medo...Certo dia, um garoto, pequeno, vem entregar pão. Ele disse ao rei: ‘Eu luto contra Golias’. Então o rei veste Davi com sua própria armadura. Mas era grande e pesada, então Davi tira, olha em volta e acha cinco pequenas pedras lisas. E ele desce ao vale, com seu estilingue na mão. Golias chega correndo e dá um grito horrível. Davi atira nele com o estilingue e o atinge bem na testa abrindo o crânio e Golias cai morto.

A primeira coisa que Davi precisou combater foi seu próprio medo. Vencendo isso, ele venceu Golias. Porque quando Golias veio correndo, Davi ficou firme, mirou e esperou...É assim que se luta com monstros. Você os atrai para perto, olha nos olhos deles e os derruba.

* Extraída do filme No Vale das Sombras (2007) de Paul Haggis e interpretado por Tommy Lee Jones. Disponível em DVD.

7 comentários:

Pedro Henrique disse...

Esse texto foi o momento mais interessante do filme...muito bom Cassiano.

Hoje tem jogo hein?

Otavio Almeida disse...

Cassiano, o que achou do filme?

Abs!

Museu do Cinema disse...

Pedro, gostei do final tb! Eu ando desacreditado com o time, há muito tempo não aguento mais o Pelapé.

Otávio, já coloco minha opinião.

Rogerio disse...

Esse filme deixou muito a desejar. Ainda nao sei oque faltou, mas fiquei decepcionado.
Forçaram a barra em alguns momentos penso eu, no sentido piegas.

Kamila disse...

Estou com o DVD do filme aqui em casa, e devo assistir até o final de semana.

Mesmo com todas as críticas negativas, como fã de Paul Haggis, estou mais que ansiosa para assistir "No Vale das Sombras".

Museu do Cinema disse...

Rogério, o filme é bom, mas peca em vários sentidos.

Kamila, não acredito que seja fã desse cara. Ele é bom diretor, mas para ter fãs de seu nível é um pouco demais.

Kamila disse...

Cassiano, eu confesso que gosto mais do Paul Haggis roteirista. Sou fã dos roteiros dele.