03 dezembro 2007

8 Mulheres

8 Femmes – François Ozón – 2002 (DVD)

Em ritmo de teatro e inspirado nos musicais de Hollywood dos anos 50, a quem o filme é uma homenagem, 8 Mulheres é baseado numa peça dos anos 60 chamada 8 Femmes do norte-americano Robert Thomas. Mas a intenção de Ozón era a de refilmar As Mulheres (1939) do grande cineasta estadunidense George Cukor, de My Fair Lady (1964). Porém o resultado ficou norte-americano demais.

O mistério da trama é para descobrir quem é a assassina do único homem da casa, Marcel (Dominique Lamure). De sua mãe, que anda de cadeira de rodas, a sua filha mais nova, Catherine (Ludivine Sagnier), todas são suspeitas, já que a casa onde o patriarca foi morto se encontra isolada do mundo exterior devido a uma tempestade de neve.

As excelentes atrizes e beldades francesas dão espetáculo de interpretação, dança e canto. Catherine Deneuve, como a esposa do morto, Fanny Ardant, a irmã, Isabelle Huppert, cunhada, Virginie Ledoyen, como a filha mais velha e grávida, Emmanuelle Béart, como a empregada sedutora, e Firmine Richard como a governanta e babá, além de Sagnier já citada acima, cantam e dançam músicas francesas, com destaque para Papa t’es plus dans l’coup, um dueto de Ludivine e a bela da tarde, Catherie Deneuve.

François Ozón dirige brilhantemente esse elenco de divas, num cenário único e com um repertório de canções de variados estilos. O cineasta deixa as 8 fêmeas mais conhecidas do cinema francês, bastante a vontade em papéis incomuns em suas carreiras.

11 comentários:

Otavio Almeida disse...

Fechado! A dica está anotada.

Escrevi lá no blog sobre VINHAS DA IRA. Não sei se já viu esse filme do grande John Ford...

Abs!

Museu do Cinema disse...

Ok Otávio, já tinha visto, mas tava sem tempo para ler, depois vou ler com calma. Clássico com certeza!

Kamila disse...

Gosto muito mais de "8 Mulheres" do que "Swimming Pool". O filme tem um quê de "Assassinato em Gosford Park", mas toda a condução da trama é feita de maneira muito original. E, de novo, o François Ozon joga um olhar diferente em cima dos seus personagens femininos.

Museu do Cinema disse...

É Kamila, a trama dos filmes são parecidas, mas o fato de ser musical e ter somente mulheres suspeitas como disse no post, diferem bastante!

Ramon Scheidemantel disse...

Parece muito bom!
Caso o encontre nas locadoras, vou conferi-lo.

Museu do Cinema disse...

Vale a pena Ramon, se gostas de musicais...

Ramon Scheidemantel disse...

Ah, é musical? Não tinha me ligado.
Putz, acho que vou despensar, então.
Valeu o aviso.
Musical eu só assisto os que circundam Oscars. Que feio, né!
C´est la vie! hehe!

Museu do Cinema disse...

Olha Ramon, esse não faz feio não!

Vinícius P. disse...

Já me falaram mal desse filme, mas fiquei curioso após saber de sua opinião - sem falar que o elenco é ótimo, com destaque para Deneuve. Huppert e Sagnier.

Abraço!

Kamila disse...

Justamente por ser um "musical de mistério" é que eu gosto tanto desse filme, Cassiano.

Museu do Cinema disse...

Vinicius, eu acredito que quem falou mau desse filme é pq não sabia que era musical, acontece. Falo sempre que filme bom é aquele que é bom naquilo que promete.

Legal Kamila, vc tem bom gosto...