13 novembro 2007

Antes só do que Mal Casado

The Heartbreak Kid – Bobby e Peter Farrely – 2007 (Cinemas)

Refilmagem de O Rapaz que Partia Corações (1972) com Cybill Sheperd, lançado também como Corações em Alta, e agora com mais uma sugestão maravilhosa de título dada por nossos geniosos (longe de gênio) tragitradutores. O filme dos irmãos Farrely tem 1 hora e 55 minutos ininterruptos de boa risada a partir do momento em que Eddie (Ben Stiller), retornando a parceria com os diretores de Quem Vai Ficar com Mary? (1998), aceita o convite de ir ao casamento de sua ex-noiva. Exilado na mesa das crianças solteiras, Eddie ainda ouve o discurso da noiva em que diz que só namorou homens infantis, e do pai da noiva que conta que o novo genro foi o único não babaca que a filha se relacionou, enquanto seu amigo lhe olha “discretamente”.

Eddie acaba se apaixonando por Lila (Malin Akerman) e se casam 2 semanas depois, partindo em lua-de-mel para uma paradisíaca praia mexicana. Lá ele conhece a verdadeira esposa, e o resultado não é nada bom, para piorar ainda mais a situação Eddie se encanta por Miranda (Michelle Monaghan), que não percebe que ele está em plena lua-de-mel.

No original a trama se passava nas praias da ensolarada Miami e a loira era a morena da vez! Explicando melhor, a loira Cybill Sheperd fez o papel que agora cabe a morena Michelle Monaghan – que é a versão feminina do ator Jerry O´Connel, mas que não tem nenhum parentesco.

10 comentários:

Kamila disse...

Cassiano, assisti a este filme ontem e não gostei nadinha... O tempo todo eu queria que a esposa do Stiller saísse daquele quarto e desse logo umas belas tapas nele por estar dando em cima de outra em plena lua-de-mel. :-)

Ri bastante nas cenas da Malin Ackerman. Achei que ela estava perfeita em todos os momentos que apareceu.

Otavio Almeida disse...

O que aconteceu com os Farrelly? E aquele filme sobre os "Três Patetas"? Não sai???

Bom, Cassiano, ainda não vi o filme, mas geralmente discordamos, não? O que tem sido normal. Mas vc parece ter gostado dos Farrelly e sua opinião vale uma ida ao cinema.

Abs! Bom feriado!

Museu do Cinema disse...

Kamila, mas vc gostou ou não? Eu ri do inicio ao fim, e paguei para isso!

Otávio, realmente nossos gostos poucas vezes se cruzam é verdade.

Eu adoro os Farrely e acho que tem evoluido, pena que alguns filmes deles não chegaram aqui, mas essa coisa dos 3 Patetas!? vixe!

Ramon Scheidemantel disse...

Bom contraponto ao post da Kamila. Agora tenho certeza de que terei de assistir o filme para julgar. hehe!
Nada como duas opiniões distintas para julgar um trabalho. hehe!

Será que existe um certo machismo no filme, para ter desagradado tanto a Kamila?

Dewonny disse...

Ainda ñ vi, mas tudo indica que irei gostar muito, sempre me diverto e dou boas risadas com esse tipo de comédia, ainda mais quando é dos irmãos Farrely.

Museu do Cinema disse...

Creio que não Ramon, acho que a Kamila não tava com espirito para comédia, ela mesma destaca pontos interessantes do filme. AGora tem o problema do cara dar em cima de outra em plena lua-de-mel né?

Dewonny, vc tá na mesma linha que eu, esse filme vc entra com o sorriso na boca, dá boas gargalhadas e sai com o mesmo sorriso do inicio ao fim!

Kamila disse...

Cassiano, eu só ri no primeiro ato, até a Lila ter que ficar presa no quarto. Quando a Miranda entra na história, o filme começou a ficar chato para mim.

Ramon, o filme não é machista. O problema é que o personagem do Ben Stiller é um cafajeste mesmo. rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs

E fica difícil a gente torcer por ele.

Museu do Cinema disse...

Ahhh Kamila, o filme é machista sim, mas e dai? Estamos ali para rir!

Alex Gonçalves disse...

Os Farrely não são os mesmos dos tempos de "Quem Vai Ficar Com Mary?" (não compreendo o que ocorreu com eles em "Ligado em Você" um filme grotesco de ruim), mas espero que este seja o retorno à boa forma dos irmãos diretores. Se o filme garante risadas do início ao fim, mesmo que o roteiro não ajude muito a sustentar todo o filme, deve valer a pena.

Vinícius P. disse...

Adoro "Quem Vai Ficar com Mary?", para mim uma das melhores comédias da década passada, mas não estou com vontade de ver mais um filme (supostamente) mediano dos Farrelly.