18 outubro 2007

avant-première

There Will Be Blood – Paul Thomas Anderson – 2007 (deve estrear aqui em fev 2008). Baseado nas 150 primeiras páginas do livro estadunidense Oil! de Upton Sinclair, de 1927. Um livro que mostrava como a cobiça acabava com uma comunidade, o óleo (petróleo) só seria o “mote” para a cobiça. O cineasta norte-americano Paul Thomas Anderson nos traz seu novo filme, There Will Be Blood, onde ainda assina o roteiro.

Durante a virada do século 20, na costa oeste dos Estados Unidos, o filme narra à saga de Daniel Plainview (Daniel Day-Lewis), um homem obcecado por dinheiro que vive de prospectar terras com poços de petróleo, e achar todo o resto da humanidade preguiçosa. Ele se torna um abastado quando encontra um poço de petróleo, mas ao mesmo tempo em que lhe traz fortuna, ele também se dá conta de que aquilo pode ser sua ruína.
É também a história de um bebê abandonado e criado por Plainview, já rico. Mas quanto mais tem, mais quer, e isso o leva até a fazenda, supostamente um poço do ouro negro, de Eli Sunday (Paul Dano), um jovem pastor que enxerga em Daniel um pecador.

A trilha sonora é do guitarrista do Radiohead, Jonny Greenwood. Saem os sinos premonitórios de Jogada de Risco (1996) e Boogie Nights (1997), e entram os zumbidos de mosca, que, segundo Michael Jones da Variety é “um som que fica mais alto e inevitavelmente incômodo sempre que eventos desumanos estão para acontecer”.

Nessa película, séria candidata ao Oscar, Anderson volta a confirmar seu estilo, pegando uma idéia e transformando num belo roteiro cinematográfico. Dizem que sua adaptação começou por brincadeira e pela falta de criatividade artística que passava, após Embriagado de Amor (2002). Quem sabe seu Oscar tardio por magnólia (1999) não venha agora.

18 comentários:

Ramon Scheidemantel disse...

Opa, teremos que conferir sem demoras, assim que for lançado.
Pô, será que rola uma indicação para o Daniel Day-Lewis também? Baita ator!

Museu do Cinema disse...

Ramon, na verdade o Day-Lewis é o principal falatório do filme com sua interpretação.

Eu acredito nos 3, Filme, direção e ator.

Rogerio Scheidemantel disse...

Que saudades do DayLewis!!
Tomara mesmo que a injustiça em cima do "Butcher" seja compensada agora.

Museu do Cinema disse...

Mas ele já tem um Oscar por Meu Pé Esquerdo, alias, merecidissimo!

Por isso não o considero injustiçado!

Romeika disse...

Tem cara de filmaço, Cassiano! Não sabia de muita coisa sobre esse filme do PTA, só de que é estrelado pelo Day-Lewis. Será interessante ver o Paul Dano atuando lado a lado do ator veterano. E a trilha sonora tb promete!

Museu do Cinema disse...

Tem cara sim Romeika, o encontro desses dois gênios, Lewis e Anderson, pode sobrar, no melhor sentido, pro talentoso e "novato" Dano.

Acho que a trilha será inovadora!

Kamila disse...

Adorei o trailer de "There Will Be Blood". E o filme tem ganhado elogios rasgados da crítica norte-americana, recebendo comparações até com "Cidadão Kane".

No entanto, concordo com quem diz que o filme tem mais cara de "Assim Caminha a Humanidade".

E Paul Dano parece que vai encarar Daniel Day-Lewis de igual para igual.

E eu sabia que conhecia o nome Jonny Greenwood de algum lugar. Achei curiosíssima a escolha dele para compor a trilha desse filme.

Otavio Almeida disse...

Olha... eu gostei bastante do trailer. Espero mesmo que dê certo.

Abs!

Museu do Cinema disse...

Pois é Kamila, a crítica tem elogiado, o que é uma normalidade se tratando de PTA.

É curiosa a escolha dele sim! Tomara que dê certo, pois Anderson tb é craque no som dos seus filmes.

Otávio, pelo menos o trailer né?

Vinícius P. disse...

Sim! Com certeza esse é um filme para o Oscar, aliás concordo que esse prêmio é tardio, visto as maravilhas que o diretor já fez (antes tarde do que nunca, né?). E sorte também para o Daniel Day-Lewis, que é um grande ator. As críticas só confirmam que é outra obra-prima do diretor - tomara que dessa vez a Academia reconheça isso!

Abraço.

Museu do Cinema disse...

Sim Vinícius, tudo indica isso, antes tarde do que nunca. Só espero que não seja ignorado novamente!

Abs

Kamila disse...

É verdade, Cassiano. O PT Anderson sempre capricha nas trilhas de seus filmes.

Bom final de semana!

Museu do Cinema disse...

AGora é esperar para ver.

Vou publicar o novo poster do filme! Achei incrivel!

Kamila disse...

Esse novo cartaz do filme é realmente incrível, Cassiano. O estranho foi que eu olhei para o poster e a primeira coisa que me veio à cabeça foi um jogo de videogame.

Vulgo Dudu disse...

Putz, deve ser demais! Meu carnaval, certamente, não será o mesmo com esse filme.

Abs.

Rogerio Scheidemantel disse...

Nossa!! Esse poster matou a pau! Qual será o oficialzão mesmo?

Museu do Cinema disse...

É Kamila, faz lembrar, a cara do Day-Lewis está indecifravel.

É Dudu, o de muita gente não vai ser o mesmo!

Rogério, acho que esse, o outro era uma especie de "aperitivo".

Anderson disse...

um dos meus diretores favoritos, que finalmente agora vai ter o reconhecimento q merece. Estou louco pra ver esse filme!