14 agosto 2007

Cabo do Medo

Cape Fear – Martin Scorsese – 1991 (DVD)

Max Cady (Robert De Niro) passou seus últimos 14 anos da vida lendo a Bíblia, Marx, Lênin e livros jurídicos, com a mesma intensidade em que treinava seu corpo com abdominais, flexões e barras, e pintando tatuagens religiosas e sociais. Ele está saindo da prisão e em sua cabeça só um nome aparece, Sam Bowden (Nick Nolte), o advogado que Cady julga responsável pela sua sentença no caso de estupro.

Sam é casado com a bela e atraente Leigh (Jessica Lange). Eles são os pais da adolescente Danielle (Juliette Lewis), uma ninfeta tímida e curiosa.

Scorsese cria um suspense com cores de film noir, onde a personagem de De Niro cria um jogo de vingança com uma tensão sexual crescente. Refilmagem de O Círculo do Medo (1962), que preza mais pela estrutura da narrativa do acerto de contas, Cabo do Medo foi dispensado por Steven Spielberg que viu em Scorsese o nome certo para o filme. Robert Mitchum e Gregory Peck eram os protagonistas do filme de 62 que fazem participações especiais aqui.

A cena inicial, das costas tatuadas de De Niro, feitas com tintas vegetais programadas para sair em meses, fazendo barras, ao mesmo tempo em que a câmera percorre toda a diminuta cela, mostrando os pôsteres e livros, esperando o guarda chegar para lhe dar a liberdade. Max sai da prisão em passos firmes, sem ajudas, com olhar centrado e objetivo, nada lhe faz parar os passos até o seu destino, nem mesmo a câmera de Martin Scorsese que lhe espera na saída. Uma cena clássica do cinema do cineasta.

10 comentários:

Kamila disse...

Cassiano, essa é uma das grandes caracterizações do De Niro. Só de ver a foto dele, eu já fico toda arrepiada de medo.

Gosto bastante de "Cabo do Medo". E, principalmente, de toda a interação que acontece entre o personagem do De Niro e a família do Nolte.

Museu do Cinema disse...

Sem duvida Kamila. De Niro arrasa nesse filme, e mais uma transformação que vem dar jus ao seu apelido de camaleão.

Lua Obscura disse...

Filme excelente! E De Niro no seu melhor!!!

Ramon Scheidemantel disse...

Muito bom esse filme, embora faça muito tempo que o assisti.
Nem sabia que era do Martin Scorsese.
Valeu pela lembrança. Quando puder, com certeza irei revê-lo.

Otavio Almeida disse...

Grande filme! Para mim, o Oscar naquele ano era para De Niro... acabou com Anthony Hopkins, que considero coadjuvante em O SILÊNCIO DOS INOCENTES.

Ah, obrigado pelas palavras lá no blog.

Abs!

Kamila disse...

Concordo, Otávio. Apesar de adorar o Hannibal Lecter de Anthony Hopkins.

Museu do Cinema disse...

Ahh Otávio e Kamila não acho não, o Hopkins merecia mesmo, e no filme ele não é coadjuvante. A presença dele é mais forte que a da Jodie.

Pareo duro, quem ganhasse era justo!

Romeika disse...

Muito muito bom esse filme! Suspense que prende o espectador do início ao fim. Morro de medo do De Niro nesse filme, sua caracterização é assustadora, e tudo é tão memorável.. Ele seduzindo a personagel da Lewis, o assassinato do cachorrinho, ele pendurado embaixo do carro (!!!), tememos pela segurança da família a todo momento...

Romeika disse...

personagem*

Vinícius P. disse...

Gosto muito de "Cabo do Medo", pra mim top 10 do Scorsese. Até não entendo porque muitos o criticam, a atuação do De Niro é excelente! Sem dúvida um dos filmes mais tensos da carreira do cineasta.