18 maio 2007

Fuga do Passado

Out of the Past – Jacques Tourneur – 1947 (DVD)

Joe não pode achar uma oração na bíblia.

No passado Jeff Bailey (Robert Mitchum) trabalhou para o gângster Whit Sterling (Kirk Douglas) como detetive, num caso onde uma ex-namorada de Sterling, Kathie (Jane Greer) o baleou e fugiu com 40 mil dólares. Seguindo seu rastro, Bailey foi parar em Acapulco. Seduzido pela atraente Kathie, Bailey resolve esquecer o que foi fazer no México e seu patrão. Alguns anos depois, Bailey, agora um frentista numa pequena cidade, recebe um convite para um encontro com Sterling.

É considerado como um dos melhores filmes noir já produzidos, muito disso devido a sua trama e a presença da femme fatale. O roteiro inteligente também merece destaque, assim como a direção do francês Jacques Tourneur, que faz da femme fatale o ponto alto do filme, com sua determinação e vulnerabilidade apaixonante.

Existe uma refilmagem do clássico chamado de Paixões Violentas (1984), de Taylor Hackford, com James Woods e Jeff Bridges e Jane Greer, no papel da mãe da protagonista feminina que ela interpretou no original.

7 comentários:

Roberto Queiroz disse...

Robert Mitchum foi e sempre será um ícone único dentro da história do cinema mundial e, principalmente, do cinema policial. Não assisti a esse Fuga do Passado, mas vi outros exemplares excelentes do talento desse ator no gênero em Operação Yakuza e Círculo do Medo (que anos depois foi refilmado por Scorcese como Cabo do Medo). Simplesmente geniais!

(http://claque-te.blogspot.com): Maria Antonieta, de Sofia Coppola.

Museu do Cinema disse...

Sem duvida Roberto, um ícone sem dúvida, e sem comparações.

Alex Gonçalves disse...

Confesso que filmes noir na sua época de origem nunca me foram muito agradáveis. Já conferi um filme chamado “Melodia Fatal” (ou “Vestida Para Matar”) que trabalha com uma investigação aos cuidados de Sherlock Holmes e o resultado não me foi dos mais empolgantes. Gosto de noir recentes, que tem mais agilidade e rápida identificação com seus personagens. Mas é um gênero que tenho que estudar muito, muito mesmo – mas os filmes desta classificação me foram ótimos.

Museu do Cinema disse...

Espero que tenho contribuido um pouco com essa mini retrospectiva Alex

Alex Gonçalves disse...

Ajudou bastante, Cassiano. Vou fazer uma busca por aqui do filme "Fuga do Passado" e aproveito para tentar localizar a sua refilmagem, que deve ser um pouco mais fácil de encontrar para locação.

Anônimo disse...

Tive o prazer de ver este filme dia desses e devo dizer que adorei. A fotografia do filme é muito linda, a trama é surpreendente, a forma como Robert foi filmado para dar a impressão que é bem mais alto e forte , fantástica. Não é um filme menor como dizem, pelo contrário, somente Amantes do Noir como nós e que sabemos dar o devido valor ao que é original e que representa um documento raríssimo do cinema clássico.
Diante de filmes como esse é que suspiro e digo, que clássicos são indiscutivelmente muito melhores que filmes atuais.Pelo conjunto de tudo que representam e tbpem pela criatividade e originalidade.
parabéns pelas suas palavras.

Museu do Cinema disse...

Obrigado.