29 maio 2007

FARGO

Fargo – Joel Coen – 1996 (DVD)

Fargo é uma cidadezinha em Dakota do Norte, localizada na região do Red River Valley. Com população em torno dos 91.000 habitantes. A cidade recentemente ficou chocada com os acontecimentos narrados no filme dos irmãos Coen.

Jerry Lundegaard, vivido no filme pelo excelente William H. Macy, no primeiro papel importante de sua carreira, é um vendedor de carros casado com Jean e pai de Scotty. Atrapalhado, incompetente e mercenário, ele encontrou no sogro rico a saída para seus problemas financeiros. Primeiro vendendo a idéia de um investimento, depois mandando seqüestrar a esposa para arrancar dinheiro do pai dela.

Carl e Gaear, vividos pelos excelentes Steve Buscemi e Peter Stormare, respectivamente, são os dois sujeitos contratados por Lundegaard para seqüestrarem sua esposa. Enquanto o primeiro é falante e nervoso, o segundo é calado e frio.

Marge Gunderson, vivida pela maravilhosa e excelente atriz Frances McDormand, casada com Joel Coen, é uma policial detetive local. Grávida de 7 meses, ela sustenta a casa enquanto resolve um caso que viria a chocar a cidade.

Em 1987, num caso notório, onde os nomes dos envolvidos foram trocados pelos Coen para preservar as vitimas, 7 pessoas morreram, sendo 1 policial, assassinado com um tiro na cabeça na estrada, e 1 casal, também mortos na estrada há alguns km adiante, esse episódio acabou levando a policia a um caso complexo de extorsão e seqüestro, acabando com a paz da pequena e fria cidade.

Alguns anos depois, os irmãos vieram a público dizer que tudo não passava de uma brincadeira e invenção de suas brilhantes cabeças. O filme é pontuado pela excepcional trilha sonora composta por Carter Burwell, uma música original, melancólica e forte. Uma das mais belas da história do cinema norte-americano. Roger Deakins, constante colaborador dos Coen, assina a fotografia, que nos deixa com a sensação de frio o filme todo.

12 comentários:

Bakemon disse...

Apesar do Steve Buscemi sempre fazer a mesma cara, sempre vale a pena assisti-lo. Com os Coen, melhor ainda.

Museu do Cinema disse...

Realmente, o Buscemi tá sempre com aquela cara de: "que porra está acontecendo?".

Marcus Vinícius disse...

Muito bom. Só de ver a Frances falar com aquele sotaque, aquele 'yeah', já vale o filme.

TODOS OS CAMINHOS LEVAM AO MONUMENTAL.

Abração e rumo ao tri!

Museu do Cinema disse...

TODOS OS PENSAMENTOS TAMBÉM, A ZAGALLO: SÓ FALTAM 4.

Otavio Almeida disse...

FARGO mostra que as dores são mais intensas no frio... entre as coisas que vc já disse aí tão bem.

Abs!

Vinícius P. disse...

De longe meu preferido dos Coen (se bem que também gosto bastante de "O Homem que Não Estava Lá" e "Gosto de Sangue", esse último vi recentemente). O William H. Macy é excelente mesmo e a McDormand está perfeita!

Kamila disse...

Sei que "Fargo" é super cultuado, mas eu não consigo gostar deste filme. Acho que a única coisa legal dele é mesmo a atuação de Frances McDormand.

Túlio Moreira disse...

Também não gosto de Fargo, Kamila, e, de verdade, prefiro muito mais BARTON FINK. Mas a cena do triturador na neve é impagável.

abs!

Museu do Cinema disse...

Otávio, obrigado.

Vinicius, esse tb é o meu preferido, esse filme é dos 100 melhores da humanidade.

Kamila, a atuação da Frances é ótima mesmo, assim como do William H. Macy, mas o filme é ótimo, dê uma segunda chance a ele.

Túlio, a msg anterior serve para vc, ou então reveja a cena do triturador!

Kamila disse...

Vou tentar assistir "Fargo" novamente, Cassiano.

Otavio Almeida disse...

FARGO é genial! Mas meu favorito dos Coen é ARIZONA NUNCA MAIS.

Abs!

Vulgo Dudu disse...

Os irmãos Coen são geniais. "Fargo" é maravilhoso, perfeito. Extremamente bem montado. Uma aula de direção.

Eu acho que o filme deles que mais gosto é "E aí, meu irmão, cadê você?", que pra mim mostra o quão inquietos são os dois irmãos. Uma maravilha de narrativa, toda calcada na "Odisséia" de Homero. Genial!

Aliás, eu já vi a filmografia completa deles, incluindo curtas, e digo que a obra toda é sensacional.