19 abril 2007

Se7en

Se7en – David Fincher – 1995 (DVD)

Um sujeito foi passear com o cachorro. Alguém o atacou. Roubou o relógio e a carteira dele. E, enquanto estava deitado na calçada, indefeso, o assaltante o esfaqueou nos olhos.

Gula – Um sujeito obeso é obrigado a comer até não agüentar mais. Inchado e desmaiado de tanto comer, o assassino o chuta na barriga provocando sua morte.

Cobiça – Um famoso advogado é encontrado morto ensangüentado no seu escritório, faltando partes de seu corpo, ele foi obrigado a se dilacerar para viver.

Preguiça – Um traficante é preso na sua cama, durante 1 ano, definhando com tubos em seus órgãos genitais e cortes no dedo. “Longo e difícil é o caminho que, do inferno, leva à luz”.

Luxúria – Um sujeito é obrigado, com uma arma na cabeça, a usar um instrumento perfurador de 50cm numa relação sexual com uma prostituta.

Vaidade – Uma linda modelo tem o rosto desfigurado e enfaixado, o assassino cola em uma de sua mão o telefone sem fio, na outra pílulas de dormir. “Grite por socorro e viverá. Mas ficará desfigurada. Ou ponha um fim na sua própria dor”.

Inveja – O assassino inveja uma pessoa, por isso ele a mata sabendo que sua morte provocará um outro pecado capital, o último dos sete.

Nós vemos um pecado capital em cada esquina, em cada lar, e o toleramos.

Uma pessoa armada dispara sua arma e mata 32 pessoas num campo universitário se suicidando em seguida.

A primeira frase em negrito é do filme, a última é da vida que vivemos!

16 comentários:

Túlio disse...

Cassiano, um grande texto para um grande filme! Parabéns!

abs!

romeika disse...

Eita mundo insano esse que a gente vive...E depois ainda tem gente que culpa o cinema (vide "Clube da Luta" e aquele massacre num cinema em SP anos atras) O cinema soh estah imitando a realidade..rsrsrs..

Adorei o formato do texto, Cassiano. Me deu vontade de rever o filme. Aquele final foi um dos mais inesperados que jah vi.

Kamila disse...

Faço minhas as palavras de Túlio e Romeika, Cassiano. Adorei a maneira como você fez o texto e o diagramou.

John Doe, para mim, é um dos maiores vilões do cinema. O roteiro de Andrew Kevin Walker fantástico. O final realmente é surpreendente e vejo muito em "Se7en" um diálogo com os filmes noir - algo que, acredito, Fincher irá repetir em "Zodíaco".

Otavio Almeida disse...

Caraca! Não tinha visto esses posteres de SEVEN. Show!!! Bom, já disse que o filme é o meu favorito de David Fincher. Um dos filmes mais corajosos dos últimos anos ao lado de... de... CLUBE DA LUTA?

Bela conclusão, Cassiano!

Abs!

Museu do Cinema disse...

Obrigado pessoal, gosto muito de Se7en e quando estava revendo o filme aconteceu o massacre de Virginia, é incrivel como a vida não vale mais nada. Nenhum filme, por mais violento que seja, nunca chegará a tremenda violência e desprezo pela vida que vivemos atualmente.

Tenho os poster, 6 ao total, já que se fizesse o sétimo estaria contando o final, todos em formato maiores, quem quiser envio por e-mail.

Vinícius P. disse...

Puxa, esse post ficou ótimo, parabéns! Adorei a comparação entre o filme e a nossas vidas.

Quanto ao filme, é um dos melhores do Fincher (talvez o melhor, apesar de preferir um pouco "Clube da Luta"), com final surpreendente.

Até mais!

Marcus Vinícius disse...

É, a gente vive num filme. Num filme de terror. Tudo muito bom, texto e o filme.

Dá-lhe Nacional. Abraços

Museu do Cinema disse...

Obrigado Vinicius e Marcus Vinicius, a comparação veio em boa hora com certeza. O que é pior a realidade ou a ficção?

Otavio Almeida disse...

A realidade, com certeza. Me manda o sétimo poster qdo puder, por favor: ottavioalmeida@hotmail.com

Abs!

Museu do Cinema disse...

Mandarei sim, alguém mais?

Kamila disse...

A realidade é bem pior, Cassiano.

Também quero os pôsteres. Você tem meu e-mail, então pode enviar, por favor?

Vinícius P. disse...

A realidade (3).

Carla Martins disse...

AMEIIIIIIIII esse post e AMOOOOOOOOO seven! Parabéns, de novo!

Beijos

Museu do Cinema disse...

Obrigado Carla!

Alex Gonçalves disse...

Cassiano, fantástico o seu texto sobre “Se7en”, magnífico e assustador como o filme em questão é. O que acho injusto é muitos atribuírem ou aclamarem o sucesso de Se7en ao seu final destemido, pois sempre ouço quando vou nas vídeos-locadoras bons comentários a respeito da reviravolta final, mas trata-se de um filme de personagens bem construídos, clima sufocante de suspense e incríveis atuações.

Museu do Cinema disse...

Com certeza Alex.