27 dezembro 2006

Álibi

The Alibi – Kurt Mattila e Matt Checkowski – 2004 (DVD)

Estudos recentes mostraram que um em cada quatro homens trai a esposa. E que uma em cada 10 mulheres trai o marido...”

Adoro filmes de planos, Onze Homens e um Segredo (2001) e suas seqüências, Confidence - O Golpe Perfeito (2003) e O Plano Perfeito (2006). Álibi é uma grande surpresa, mas pelo elenco notamos algo de diferente nesse filme dos diretores estreantes Kurt e Matt.

“...Mas me dei conta de que os índices seriam bem mais elevados se todos pensassem que poderiam trair sem ser pegos. Cinismo? Bom, eu prefiro chamar de oportunismo”.

Ray Elliot (o inglês Steve Coogan) tem uma companhia especializada em criar álibis para seus clientes infiéis. O trabalho é cuidadosamente planejado e ele conta com a ajuda de uma equipe no seu escritório. Lola (Rebecca Romijn) é uma ex-executiva que passa a trabalhar para Ray, que deseja se distanciar cada vez mais dos “negócios”, o problema é que seu primeiro cliente, Robert Hatch (James Brolin) lhe pede que cuide do seu filho, prestes a casar, e o rapaz acaba matando sua amante, colocando Ray como suspeito.

Jack McCadden é um antigo sócio de Ray Elliot, sumido, McCadden hoje é uma espécie de lenda do crime.

O Mórmon (Sam Elliot) é um milionário. Seu ramo? Matador de aluguel. Casado com três mulheres, uma delas, Adelle (Selma Blair). Veja o trailer aqui.

19 comentários:

Kamila disse...

Cassiano, não consegui assistir ao trailer, mas gostei da história do filme.

Aposto que muitos homens adorariam que existisse de verdade uma empresa assim, que fornecesse álibis para o momento da traição. :-)

Museu do Cinema disse...

Oi Kamila, não abriu? Aqui tá tudo ok, tente de novo.

Quanto a empresa, acho que seria útil não só para homens como para mulheres tb. Alias, no filme a excelente Deborah Kara Unger utiliza dos serviços da companhia.

Kamila disse...

Claro, Cassiano. Meu comentário foi completamente machista, mas algumas mulheres precisariam da ajuda de uma empresa dessas...

Quanto ao trailer, a página abre normalmente, mas nenhum espaço aonde eu possa assistir ao trailer aparece.

Museu do Cinema disse...

Tente então nesse link Kamila: http://www.imdb.com/title/tt0409681/trailers-screenplay-E29404-6-3

Deve ser problema com o Windows Media Player.

Túlio Moreira disse...

Cassiano, também gosto muito de filmes-de-planos. Quando se tem Rebecca Romijn, a coisa fica ainda melhor, né?

Abraço e ótimo ano novo!

Kamila disse...

Ah, agora sim...

Que trailer mais estiloso. Gostei muito, mas a impressão que ele dá é a de que conta praticamente toda a história do filme.

Mais uma recomendação sua que entra na minha lista, Cassiano.

Museu do Cinema disse...

E como fica lindo Túlio, Feliz 2007!

É Kamila, recomendado mesmo! Mas o filme é muito mais que o trailer. Vá por mim.

Alex Gonçalves disse...

Estou com grande vontade de ver este filme desde o ano pelo qual foi produzido, e o motivo é por ter o nome de Deborah Kara Unger (uma das atrizes que mais admiro) no elenco.
Cassiano, poderia me informar se a participação dela é pequena ou um grande destaque?
Abraços

Museu do Cinema disse...

Somos dois então Alex, adoro a Deborah tb, desde Crash! Pelo menos nessa atriz concordamos, visto que Margaret Colin não comungamos da mesma opinião.

A participação dela é média, talvez depois da Rebecca, ela é a atriz com maior participação, vale a pena.

Kamila disse...

Cassiano, lembrei de você. O trailer de "Inland Empire", o novo filme do David Lynch e da Laura Dern, caiu no You Tube.

Confere aí:
http://www.youtube.com/watch?v=y4hFEDYmMcM

E se você entender do que esse filme fala, por favor, me explica! :-)

Museu do Cinema disse...

já tinha visto Kamila, esse trailer tá rolando há algum tempo, e a plateia que viu o filme num festival desses saiu indignada, trata-se de mais uma "loucura", "sonhos" de Lynch.

É um filme dentro do filme. Mas a Laura Dern tá linda!

Alex Gonçalves disse...

Poxa, Cassiano!
Obrigado pela informação!
Como não o encontro nas locadoras próximas da minha moradia um dia eu irei compra-lô na Blockbuster. Infelizmente não vi Crash (a obra que revelou a atriz), mas todos os desempenhos da Deborah são excepcionais, seja no excelente Sunshine, seja na bomba atômica Vozes do Além. Outro filme lançado recentemente com ela que gostaria de ver muito é A Força das Palavras...
Abraços!

Museu do Cinema disse...

Olha Alex, o Crash é o original, de Cronenberg.

Alex Gonçalves disse...

Cassiano, eu sei!
Você estava pesando que eu me referia ao Crash do Paul Haggis???
Rsrsrsrsrsrsrs
(:))

Museu do Cinema disse...

pensei sim Alex...

Anônimo disse...

Também adoro filmes assim. Vou assistir assim que der. E Crash é um dos melhores filmes que já vi: sou fã incondicional!

Beijo.

Alex Gonçalves disse...

Tudo bem, Cassiano!
Mais até que seria uma boa da Deborah Kara Unger participar de um filme que foi tão premiado...
Encontrei Álibi por aqui. Quando ver desenvolvo uma resenha!

Museu do Cinema disse...

Mas de que Crash vc tá falando Carla?

Museu do Cinema disse...

Olha que já espero duas resenhas suas Alex, Era uma Vez na América e Alibi.

Fico feliz em estar lhe indicando filmes, só espero que goste como gostei.