27 outubro 2006

Trailer: Dreamgirl

Effie White (Jennifer Hudson – ex-finalista do programa American idol), Deena Jones (Beyoncé Knowles), e Lorrell Robinson (Anika Noni Rose) são três amigas de Chicago que cantam juntas no promissor trio musical The Dreamettes.

Acompanhadas do irmão de Effie e também compositor do trio, C.C. White (Keith Robinson), elas viajam para Nova Iorque para competirem num show de talentos. Acabam atraindo a atenção do empresário musical Curtis Taylor, Jr. (Jamie Foxx), que usa de inescrupulosas táticas para transformar as garotas de backing-vocals do famoso cantor James "Thunder" Early (Eddie Murphy) para estrelarem um grupo musical de Rhythm & Blues.

O ótimo Bill Condon Segredo em Família (1987), Kinsey (2004) e Deuses e Monstros (1998), dirige e escreve o roteiro, baseado no livro de Tom Eyen sobre o real trio musical The Supremes. Assista ao trailer aqui!

8 comentários:

Kamila disse...

Definitivamente, este é o filme que eu mais estou querendo assistir neste ano. Eu gosto muito de musicais e tenho muita curiosidade em ver o que o Bill Condon poderá fazer com esta história, que é baseada na real batalha das Supremes (o ex-grupo de Diana Ross) para chegar ao sucesso.

O Condon escreveu “Chicago”, acho que pouca gente sabe disso.

Amei o trailer! Adorei o pouco que vi da performance do Eddie Murphy, mas confesso que esperava ver mais de Jennifer Hudson. Ela interpreta a grande personagem desse filme (Effie White) e vai cantar aquela que é, provavelmente, a canção mais linda de musicais de todos os tempos: “And I’m Telling” (para quem não conhece, essa é a canção que aparece o final do trailer). Jennifer Holliday, atriz que interpretou de maneira soberba a Effie na Broadway, vai ser um ato difícil de superar. Mas, eu confio na JHud. Eu acho que “Dreamgirls” vai transformá-la em uma estrela!

Por isso que me irrito profundamente quando vejo “Dreamgirls” sendo tratado como o filme da Beyoncé (queria dizer que duvido da capacidade de atriz da Beyonce, mas admito que gostei do pouco que vi dela no trailer).

Kamila disse...

Ah, e quem puder assista ao trailer do filme e continue navegando pelo site de “Dreamgirls” Poucas vezes vi um site de filme tão bom como esse. Eles colocaram capas de discos das Dreamettes, matérias de revistas. Tá um show esse site!

Túlio Moreira disse...

Cassiano, eu postei seu artigo, ainda sem foto pq o blogger parece estar dando problema. Vou colocar três fotos, cada uma para ilustrar os períodos.

P.S.: Disponibilizei os comentários.

Museu do Cinema disse...

Definitivamente Kamila, esse é o filme que vc mais espera realmente. Obrigado pelos comentários ainda mais ilustrativos. Quanto ao Condon, eu gostei muito de dois filmes dele, espero que esse seja bom, pelo trailer percebi que não será bem um musical e sim um filme ao estilo Ray.

Ele tb é roteirista de F/X-2 não sei se lembra. Com o Bryan Brown, é um filmão.

Só mais uma coisinha, a Beyoncé como vc citou no comentário, o papel dela será mesmo secundário.

Museu do Cinema disse...

Ah, confesso a vc tb que me interessei mais por ele depois de sentir seu interesse tão especial, tomara que tenha razão.

Museu do Cinema disse...

Túlio, espero que a disponibilização dos comentários dessa vez seja permanente hein.

É necessária essa interatividade com o blog. Acho que fundamental. Ainda mais quando são opiniões divergentes.

túlio moreira disse...

E convido também a nossa amiga cinéfila Kamila para eventualmente postar comentários no meu blog, ok?

Decidi por uma só foto mesmo, mas de impacto, pq o blogger aqui no meu pc definitivamente não vai bem...

abs!

Kamila disse...

Túlio, já sou uma visitante cativa do Cinema-Kabuki e, com os comentários disponibilizados, poderemos discutir mais lá.

Cassiano, eu gosto muito de "Kinsey" e de "Deuses e Monstros". Não assisti este filme que ele roteirizou e você citou. Acho o Bill Condon um grande roteirista e um excelente diretor de atores (ele conseguiu uma baita atuação de Brendan Fraser, por exemplo, o que me deixa otimista para ver o que ele poderá arrancar da Beyonce e da Jennifer, que estréia como atriz), por isso que acho que ele vai se sair muito bem nesse novo terreno de musicais.

Espero mesmo que a personagem da Beyonce (Deena) seja secundária. Mas, pelo destaque do trailer e do material de divulgação sinto que ela é meio que a mais importante personagem feminina do filme. No entanto, o problema é que a história da Effie é poderosa demais para ser ignorada. Com uma boa atriz neste papel de Effie, a Deena se torna realmente uma personagem secundária - assim como ocorreu na Broadway.

Ah, e que bom que meu interesse te despertou a atenção, Cassiano. Você que gosta de um bom filme, não vai se arrepender de notar um filme tão especial quanto "Dreamgirls".