03 agosto 2006

A Trapaça

The Spanish Prisoner – David Mamet – 1997

“Tenha cuidado com todos os empreendimentos que exijam roupas novas”.

David Mamet começou sua carreira no cinema como roteirista em O Destino bate a sua Porta (1981), com Jack Nicholson. Depois de escrever mais alguns roteiros, entre eles O Veredicto (1982) de Sidney Lumet e Os Intocáveis (1987) de Brian De Palma, ele passou para a direção com o excelente Jogo de Emoções (1987), ainda não lançado em DVD no Brasil, seu universo quase sempre gira em torno de armações, crimes e reviravoltas onde nada é o que parece ser.

No filme, Joe Ross (Campbell Scott) criar um “processo” revolucionário para a empresa onde trabalha. Durante a negociação de venda, realizada numa ilha paradisíaca, ele conhece um milionário, Jimmy Dell (Steve Martin), com quem acaba mantendo uma amizade. Como a negociação não avança e Joe passa a ficar neurótico, Dell passa a aconselha-lo.

Fã do escritor Franz Kafka, Mamet usou o nome da personagem principal como homenagem ao livro “O Processo”, que também é o nome do invento de Joe Ross. A trilha sonora do filme, composta pelo norte-americano Carter Burwell, constante colaborador dos irmãos Coen, é um segmento a parte no filme. Assim como em Fargo (1996), o tom da melodia é dada pelo som do tambor, e que traz o suspense necessário para a trama.

2 comentários:

ântônio josé disse...

excelente filme, também sou fã de david mamet e adorei a trilha desse filme, pena que não foi lançada em cd, pois merecia, assim como fargo como destacou no seu post.

Museu do Cinema disse...

Obrigado Antônio, realmente um grande filme e uma bela trilha de Carter Burwell