18 agosto 2006

Os Últimos dias de Laura Palmer

Twin Peaks – Fire Walk With Me – David Lynch – 1992

“Isso é um sonho. Nós vivemos dentro de um sonho”.

Os últimos dias da vida de Laura Palmer são mostrados nesse filme feito para o cinema. É a versão cinematográfica do sucesso da série de TV, serve como curiosidade e também para rever o estilo de Lynch. E, apesar de ser baseado na série da televisão, o filme é mais característico do cineasta, que, no caso de Twin Peaks a cria foi maior que o criador.

No início do filme é mostrada a investigação, pelo FBI, da morte de Teresa Banks (Pamela Gidley) pelo agente Chet Desmond (o sensacional cantor Chris Isaak). Depois de um ano o filme retorna a Twin Peaks para acompanhar a última semana de vida de Laura Palmer (Sheryl Lee). A garota considerada pela sociedade local como exemplo de comportamento e boa conduta nos mostra um mundo de sexo, drogas, músicas e prostituição, e, durante o dia ela estuda, faz atividades beneficentes e acompanha o pai, Leland Palmer (Ray Wise) as compras.

As imagens do filme às vezes aterrorizantes, (Leland tomando uma sopa que mais parece uma gosma de modo nada educado) e às vezes de uma beleza pacificadora (quando Dale Cooper coloca a mão no ombro de Laura Palmer - foto que ilustra o post), são os pontos altos do filme. Assim como a morte da garota provocou uma onda de mistério e revelações, a sua última semana de vida mostra o quanto àquela tragédia era inevitável. A sensação é de absoluta impotência – o que fica claro na reação do namorado/amante James (James Marshall), quando Laura desce de sua moto num sinal fechado, se despede e foge por entre o bosque escuro.

9 comentários:

Túlio Moreira disse...

Mas é verdade, algumas coisas funcionam muito, mas muito melhor mesmo na tela pequena. De qualquer forma, David LYNCH caminha com o fogo nesse filme.

Museu do Cinema disse...

A série Twin Peaks sim, já o filme, os últimos dias de laura palmer não!

Kamila disse...

Ah, eu não assisti a série Twin Peaks, mas gosto muito do filme "Os Últimos Dias de Laura Palmer", apesar de não entender algumas coisas do filme até hoje. :-)

Anônimo disse...

ei, bem que você podia fazer essa revisão filme por filme dos diretores Brian De Palma e Joel Coen. Os fãs do Cinema de gângster e do noir agradecem

Museu do Cinema disse...

Acho que o bom da filmografia de Lynch é q a interpretação é válida para qualquer pessoa.

Em breve estaremos fazendo essa visitação a outros cineastas e os irmãos Coen e Brian De Palma estarão na lista, quanto aos filmes de gangsters, no qual sou fã, acho que merece por si só um visita.

Valeu pelo comentário e sugestão.

Paty disse...

Sou facinada pela historia de Lura Palmer, li seu liovro umas 5 vezes, gostaria muito de vê o filme ou a serie, alguem pode me informar como faço...prispri_tc@hotmail.com

ana diz disse...

gostaria muito de ler todos os livros e filmes sobre a fascinante história de Laura Palmer
ana claudia novais
ani-ty@hotmail.com

Robson Santos Costa disse...

Pra começar sou suspeito pra falar pois sou fã de Twin Peaks desde uns 12 anos de idade heheheheh.
O que acho mais interessante nesse filme é como Lynch conseguiu criar uma nova interpretação (em relaçaõ ao pai de Laura e as vivências dessa em relaçaõ a ele) da causa do assassinato e do porquê de Laura ter se afundade em uma vida desregrada. Mas ele não mudou a história, Lynch simplesmente utilizava cenas e diálogos extremamentes sutis pra criar essa nova interpretação. Sou posso falar mais senão estrago o filme e a série pra quem não viu.

Ðя. ૨αyoทe disse...

Bom, infelizmente eu ate agora só li o livro '' O Diario Secreto de Laura Palmer '' mas espero um dia ver o filme, pois o livro é fascinante, e adoria mesmo ver o filme . se souberem como eu encontro os filmes PLEASE - arl_brown@hotmail.com