17 julho 2006

Cães de Aluguel

Reservoir Dogs – Quentin Tarantino – 1992

O título é uma combinação de dois filmes. Tarantino, por não saber pronunciar em francês, sempre se referia ao filme Au Revoir les Enfants (1987), em português Adeus Meninos, como "aquele filme Reservoir". E como fã de Sam Peckinpah, principalmente do filme Cães de Palha – Straw Dogs (1971) ele combinou os dois títulos num só para chegar a "Reservoir Dogs".

Com um orçamento de 30 mil dólares e uma câmera 16mm, Quentin Tarantino estava pronto para rodar o filme com alguns amigos, incluindo seu produtor e parceiro Lawrence Bender que iria interpretar Nice Guy Eddie. Foi quando recebeu um telefonema de Harvey Keitel, que havia lido o roteiro através da esposa de Bender, professora de aulas de interpretação. O ator queria informações sobre a película e falou de seu interesse em atuar e ajudar na produção.

O envolvimento de Harvey Keitel no filme ajudou a aumentar o orçamento em 1.5 milhões de dólares.

Joe Cabot (Lawrence Tierney) um gângster com muitos negócios tem um trabalho para roubar alguns diamantes de uma joalheria. Com alguns funcionários da loja como informantes, ele precisa formar um grupo para assaltar a joalheria durante o expediente. Com a ajuda de seu filho, Nice Guy Eddie (Chris Penn) ele passa a recrutar a equipe e a se preparar pro assalto.

Mr. White (Harvey Keitel) chamado por Joe Cabot para participar do roubo da joalheria, Mr. White, (como nenhum dos bandidos devem saber o nome dos colegas, Joe cria apelidos usando as cores) é um antigo parceiro.

Mr. Pink (Steve Buscemi - ótimo) é o responsável pelos momentos de humor do filme. Irritado pelo apelido “homossexual” ele reclama com Joe para que mude, se recusa a pagar gorjeta para garçonete e identifica que no grupo existe um policial infiltrado.

Mr. Blue (Eddie Bunker) introvertido, sua presença no grupo é uma incógnita.

Mr. Brown (Quentin Tarantino) falastrão assim como o ator/diretor que o interpreta, Mr. Brown faz uma análise da música “Like a Virgin” de Madonna no mínimo curiosa. Dizem que a própria Madonna enviou o álbum com a música agradecendo a citação, mas explicando o verdadeiro sentido da música.

Mr. Orange (Tim Roth) começa o filme tímido, rindo das piadas, mas passa a mostrar outra personalidade no decorrer do filme. Esse é o primeiro filme que revelou Roth, que se tornou parceiro de Tarantino em mais dois filmes, Pulp Fiction (1994) e Grande Hotel (1995).

Mr. Blonde (Michael Madsen) psicopata, ele trabalha com Joe Cabot e seu filho Nice Guy Eddie há algum tempo e tem a total confiança deles pro trabalho.

Algumas homenagens de Tarantino:

City on Fire - Long hu feng Yun (1987), do diretor chinês Ringo Lam, com Chow Yun-Fat. No filme um policial se infiltra numa gangue que planejam assaltar uma joalheria;

Inferno Subterrâneo (1974) filme onde os criminosos também usavam cores para se identificarem e continuarem anônimos, com Robert Shaw e Walter Matthau;

A Better Tomorrow II - Yinghung bunsik II (1987), de John Woo, com Chow Yun-Fat, onde Tarantino tirou a idéia dos ternos. O filme é sobre um dono de restaurante, que parte em busca de vingança pela morte da filha de um velho amigo;

Em certo momento do filme o velho chefão Joe Cabot (Laurence Tierney) diz: "Morrer como Dillinger" perto do final do filme. Tierney na verdade interpretou o papel de Dillinger no filme Dillinger (1945).

Mr. Pink (Steve Buscemi) fala inúmeras vezes que é um profissional, essa palavra é uma referência ao diretor de cinema Howard Hawks, um ídolo de Tarantino e que era conhecido por essa alcunha.

Cães de Aluguel é visceral e surpreende pelos diálogos e as fortes cenas de violência. Fica claro nessa película a grande inspiração que é a filmografia de Scorsese, principalmente Touro Indomável (1980) e Taxi Driver (1976). O filme marca a estréia do diretor que viria a revolucionar o cinema...

3 comentários:

antônio josé disse...

vou além, acho reservoir um trabalho magistral do cinema policial norte-americano, principalmente dos filmes de clint eastwood

Museu do Cinema disse...

Assino em baixo.

sofia martínez disse...

Cães de Aluguel é o meu favorito Certamente este filme é catapultada para a fama pelo renomado diretor, como os críticos aplaudiram e até mesmo seus dias é considerado um filme cult, ainda na bilheteria não era ele em tudo tudo certo. Dois itens que caracterizam muito é a participação de Steve Buscemi e, claro, o diálogo banal, em que os personagens masculinos estão engajados. Great!