27 outubro 2005

a sangue frio

The Way of the Gun – Christopher McQuarrie – 2000

“A única coisa que se pode deduzir de um velho cansado é que ele é um sobrevivente.”

Dois marginais, Parker (Ryan Phillippe) e Longbaugh (Benício Del Toro), planejam um seqüestro de uma jovem (Juliette Lewis) que alugou sua barriga a um rico casal. O problema é que eles são gângsteres e agora seus seguranças, o cobrador (James Caan) e a policia mexicana estão atrás dos seqüestradores.

Estréia na direção do roteirista de Os Suspeitos, McQuarrie imprime nesse filme um ritmo diferente. Aqui a ação é a condutora da narrativa e algumas boas sacadas são utilizadas quebrando um pouco o ritmo natural dos filmes de ação que costumamos ver. Alguns personagens sofre do síndrome de corte na edição final, como o suicida que ajuda o cobrador a achar os marginais, e o próprio cobrador também, o que não compromete o resultado final.

Aliás, o mistério do cobrador pode ser resolvido com a explicação da palavra, que ele usa bastante, adjudicação – um termo jurídico, vindo do latim adjudicatione, que é o ato de transferir ao exeqüente bens penhorados ou os respectivos rendimentos, em pagamento do seu crédito contra o executado, ou seja, o executor judicial, autor da ação, recebe um bem ou o valor do bem do seu devedor, através de um ato jurídico.

Nenhum comentário: